Como os pais podem auxiliar seus filhos na construção de uma carreira de sucesso

Estudar para o vestibular, definir um curso, e uma profissão, praticá-la, são diversas as etapas que os jovens precisam percorrer para alcançar sucesso profissional. Não é um caminho fácil. Por isso, ter apoio e suporte da família nesse momento é essencial. Mas como os pais podem auxiliar seus filhos na construção de uma carreira de sucesso?

Todos os pais sonham com o momento em que seus filhos anunciam “passei no vestibular”. “Ufa! Trabalho feito” é o que provavelmente passa na sua cabeça, um sentimento de alívio. Porém, isso é um erro. Ingressar numa faculdade é apenas o início de uma longa jornada, somente mais um passo na construção de uma trajetória de carreira de sucesso.

Confira algumas dicas que preparamos de como os pais podem auxiliar seu filho a alcançar seu objetivo de carreira.

Escolher a carreira certa é mais importante que o salário

É claro que os pais querem que seus filhos sejam bem sucedidos na carreira e consequentemente, financeiramente. Porém, esse não deve ser o seu foco, mas sim uma consequência. Portanto, incentive seu filho a buscar algo que ele tenha vocação. Quando trabalhamos numa profissão que nos faz feliz, nos inspira e motiva constantemente, as chances de obter sucesso profissional são muito maiores.

Incentive seus filhos a experimentar as possibilidades

É importante entender que a escolha do curso, não significa que seu filho já tenha uma profissão definida. Existem diversas possibilidades dentro de uma área. Por exemplo, quem cursa Direito pode escolher empreender, trabalhar no setor público, numa organização, dentre outros caminhos possíveis. A faculdade é o momento dele experimentar as possibilidades possíveis da área que escolheu.

Incentive-o a participar de projetos que vão ajudá-lo a expandir sua visão.

Por exemplo, com bolsas e projetos de pesquisa, que podem agregar conhecimento da área acadêmica; uma empresa júnior que prega uma metodologia do empreendedorismo, assim como estágios para obter uma visão  das organizações. Incentive-o a fazer trabalho voluntário, intercâmbios, dentre outras possibilidades.

As atividades extracurriculares irão ajudá-lo a desenvolver o autoconhecimento, pois oferecem ao jovem a oportunidade de explorar e desenvolver seus interesses e aptidões. É importante que ele consiga experimentar para ter mais segurança no momento de definir qual profissão deseja seguir.

Desenvolvimento de competências comportamentais

Profissionais com competências comportamentais desenvolvidas são cada vez mais valorizados no mercado de trabalho, apenas competência técnica já não basta. Infelizmente as universidades ainda não preparam seus alunos nas competência comportamentais exigidas pelo mercado, por isso, vivenciar atividades extra classe, também é muito importante. Saber trabalhar em grupo, ter um bom relacionamento interpessoal, visão sistêmica, ser criativo são algumas das habilidades requisitadas nos processos seletivos. Os pais mais que qualquer um, conhece os pontos fracos e fortes de seus filhos, portanto o incentive a buscar maneiras de desenvolver determinadas habilidades.

Não incentive seu filho a se formar rápido

Uma grande preocupação dos pais é com a formatura dos filhos, ou seja, quando eles irão concluir a universidade. Fique certo de que mais importante do que a conclusão do curso é garantir que seu filho tenha muitas experiências práticas (Estágios/Empresa Júnior/Projetos/Voluntariado), pois somente elas permitirão ao seu filho a segurança do que fazer profissionalmente, além facilitar seu acesso ao mercado de trabalho. Tenha certeza, quando mais seguro e preparado o seu filho estiver mais chances terá de obter sucesso profissional. Não deixe ele se formar para perceber que não consegue entrar no mercado por não possuir vivências práticas suficientes.  

Estimule seu filho a conhecer a carreira na prática

Muitos jovens tem uma uma visão idealizada da profissão e podem se decepcionar com a realidade quando de fato ingressam no mercado de trabalho. A melhor maneira de evitar esse cenário é conhecendo a carreira na prática, o seu dia a dia. Portanto, incentive seu filho a conversar com diferentes profissionais, conhecer a rotina da profissão, quais são os desafios, quais são as habilidades prioritárias do mercado. Dessa maneira a escolha da profissão será muito mais assertiva, assim como sua preparação para tal.

Existem ferramentas que auxiliam os jovens na identificação de um perfil profissional, de suas motivações para determinada área, assim como na definição da sua meta de carreira. A CMOV é uma das empresas que desenvolvem essas ferramentas que tem o objetivo disponibilizar num único local todas as soluções para a construção de uma carreira de sucesso.

Através de um teste, o primeiro passo é identificar qual é o perfil profissional desse jovem. Este consiste em uma avaliação de motivação, onde seu filho irá descobrir em qual dos cinco possíveis perfis ele tem maior aderência: empreendedor, organizacional, setor público, profissional liberal ou acadêmico.

Com o perfil traçado, identifica-se quais são as competências comportamentais prioritárias para o mercado de trabalho. Então é realizada uma avaliação para indicar em quais delas será necessária se desenvolver. E disponibilizará a partir daí um plano de desenvolvimento personalizado.

 

A CMOV é uma das empresas que desenvolvem essas ferramentas que tem o objetivo de disponibilizar num único local todas as soluções para a construção de uma carreira de sucesso. Através de uma metodologia consagrada é realizada para ajudar na definição da meta de carreira.

 

Você pode gostar também