competencias-comportamentais-Organizacional

As Competências Comportamentais prioritárias para o Perfil Organizacional

Esse texto faz parte de um conjunto de 5 posts com dicas de como identificar, priorizar e desenvolver as competências comportamentais mais requisitadas pelo mercado de trabalho, a seguir vamos apresentar as competências mais requisitas para o profissional de perfil organizacional.

Confira o texto anterior onde abordamos quais são as competências comportamentais prioritárias para o Perfil de Profissional Liberal.

Em cada post iremos detalhar quais são as “soft-skills” mais valorizadas para cada um dos cinco diferentes tipos de perfis profissionais: Organizacional, Empreendedor, Acadêmico, Profissional Liberal e Setor Público. De acordo com seu perfil, veja onde deverá priorizar seu desenvolvimento.

Em estudo recente conduzido pela Hay Group concluiu que 80% dos Empregadores dizem ter dificuldade em achar formandos com as competências comportamentais que necessitam. Veja a pesquisa.

 

Diferencial no mercado de trabalho

As competências comportamentais ou “soft-skills” são uma combinação de habilidades interpessoais e sociais que garantem uma maior realização pessoal e profissional. A capacidade de trabalhar bem com os outros, comunicar-se de maneira clara e a tomada de decisão são alguns exemplos dessas competências que diferenciam profissionais no mercado de trabalho.

Apesar da relevância e importância das competências comportamentais, muitos jovens chegam ao mercado de trabalho completamente despreparados nessas competências. Mas através do domínio de técnicas e ferramentas, você pode se aprimorar nessas competências.

Por isso, o primeiro passo é entender quais são as competências comportamentais mais valorizadas para o cada tipo de perfil profissional: Organizacional, Empreendedor, Acadêmico, Profissional Liberal e Setor Público.

Neste post trazemos as 7 principais Competências Comportamentais que o mercado de trabalho busca em um Perfil Organizacional:

1. Negociação

A negocião é a habilidade e persuadir pessoas, procurando atingir metas e objetivos previamente estabelecidos. Além disso o profissional demonstra controle emocional nas mais variadas situações e assim como a de fazer uso da argumentação, expressando-se de forma clara e objetivo, características indispensáveis para o profissional com perfil organizacional.

2. Liderança

Consegue adaptar o seu estilo de liderança de acordo com cada tipo de situação e com a personalidade de cada liderado, de forma a não apenas engajar, unir e conduzir essas pessoas em prol de um determinado resultado, como também a habilidade de criar um ambiente motivador e instigante para extrair o melhor de cada uma delas.

3. Pensamento Crítico e Resolução de Problema

Essas são características muito requisitas no mercado para o profissional de perfil organizacional. É a capacidade de reconhecer a real causa dos problemas, visualizar como resolvê-los e antecipar possíveis dificuldades, dominando ferramentas de identificação e priorização de problemas, de estabelecimento de planos de ação e de controle de resultados. Além disso, com um pensamento crítico esse profissão busca verificar a relação lógica entre sintoma/efeito e causa, analisa quais são os possíveis rumos de ação a serem tomados e reflete sobre as consequências de cada um deles, de forma a tomar a melhor atitude possível para resolver problemas.

4. Comunicação Assertiva

A comunicação assertiva é a capacidade de transmitir ideias e informações de forma clara para indivíduos ou grupos, utilizando-se de diversos meios para ajudá-los a compreender e reter sua mensagem e, consequentemente, promover o engajamento do público.

5. Capacidade de Execução

Executa suas atividades, assumindo responsabilidades, definindo prioridades, atingindo resultados esperados no tempo adequado e superando obstáculos inesperados. Além disso, apoia seus colegas nesse processo, sendo referência quanto ao atingimento de resultados e ao gerenciamento de atividades, e domina ferramentas e softwares que auxiliam a execução de atividades.

6. Julgamento e Tomada de Decisão

Usa abordagens eficazes para escolher uma ação ou desenvolver soluções mais adequadas. Toma decisões que sejam mais consistentes com os fatos, restrições e suas consequências.

7. Relacionamento Interpessoal

Por meio da auto-percepção, auto-conscientização e autoaceitação, possui consciência de suas qualidades, deficiências e limitações, sendo capaz de compreender e controlar seu comportamento em diversas situações. Consegue se relacionar e se comunicar de forma adequada com pessoas de diferentes tipos de personalidades. Além disso, demonstra empatia e sabe o momento e a forma correta de se dar e receber feedback.

 

Como desenvolver as competências comportamentais para o Perfil Organizacional

Uma vez conhecidas essas competências é importante entender em quais você precisa se desenvolver e como fazer isso. Para isso é recomendável um diagnóstico dos seus “gaps” de competência.

A CMOV pode te ajudar nesse processo. Através do teste de carreira, você irá conhecer qual é o seu grau de aderência dentre os 5 perfis profissionais, quais exatamentes são os seus gaps de competências comportamentais e ainda terá a disposição uma sugestão de plano de ação para se desenvolver nas áreas necessárias. Saiba mais sobre o Teste de Carreira aqui.

Você pode gostar também

Newsletter

Novidades para sua carreira!

Receba novos artigos e fique informado das novidades.

Teste Grátis

Descubra em qual estágio de carreira você está.

Populares