competencias-comportamentais-Servidor-Publico

As Competências Comportamentais prioritárias para o Perfil do Servidor Público

Esse texto faz parte de um conjunto de 5 posts com dicas de como identificar, priorizar e desenvolver as competências comportamentais mais requisitadas pelo mercado,  a seguir vamos apresentar as competências mais requisitas para o profissional com o Perfil do Servidor Público.

Em cada post iremos detalhar quais são as “soft-skills” mais valorizadas para cada um dos cinco diferentes tipos de perfis profissionais: Organizacional, Empreendedor, Acadêmico, Profissional Liberal e Setor Público. De acordo com seu perfil, veja onde deverá priorizar seu desenvolvimento.

Segundo uma pesquisa da Endeavor e Sebrae com jovens universitários de todo o país, 31% disseram querer fazer carreira no setor público. Mas quais são as competências comportamentais prioritárias para o Perfil do servidor público?

As “soft-skills” são uma combinação de habilidades interpessoais e sociais que garantem uma maior realização pessoal e profissional.  A capacidade de trabalhar bem com os outros, comunicar-se de maneira clara e resolver problemas são alguns exemplos dessas competências que diferenciam profissionais no mercado de trabalho.

Por isso, o primeiro passo é entender quais são as competências comportamentais mais valorizadas para o seu perfil profissional.

No caso do Perfil do Servidor Público listamos aqui as 7 principais competências comportamentais que o mercado está buscando:

1. Adaptabilidade e Flexibilidade 

Adapta-se com facilidade a novas situações, mostrando-se interessado e disponível às novas e diferentes maneiras de realização de uma atividade ou projeto, assumindo novas responsabilidades de forma proativa. Mantém atitude positiva e resiliente mesmo diante de incertezas, prazos apertados e pressão, transmitindo segurança e tranquilidade às pessoas durante processos de mudança, essas são características indispensável para o profissional com perfil do servidor público.

2. Comunicação Assertiva 

Transmite ideias e informações de forma clara para indivíduos ou grupos, utilizando-se de diversos meios para ajudá-los a compreender e reter sua mensagem e, consequentemente, promover o engajamento do público.

3. Autodesenvolvimento e Autogestão

É motivado e proativo, buscando treinamentos e capacitações por iniciativa própria para se desenvolver como pessoa e como profissional. Além disso, possui disciplina e comprometimento, sabe como se planejar e consegue administrar bem o tempo, gerenciando a si mesmo sempre em prol de um objetivo/resultado.

4. Resiliência

Possui habilidade para voltar ao estado normal e original após lidar com mudanças significativas ou situações repentinas adversas no ambiente em que está inserido, sendo capaz de realizar as tarefas de forma eficaz.

5. Pensamento Crítico / Resolução de Problemas

Reconhece a real causa dos problemas, visualiza como resolvê-los e antecipa dificuldades, dominando ferramentas de identificação e priorização de problemas, de estabelecimento de planos de ação e de controle de resultados. Além disso, verifica a relação lógica entre sintoma/efeito e causa, analisa quais são os possíveis rumos de ação a serem tomados e reflete sobre as consequências de cada um deles, de forma a tomar a melhor atitude possível para resolver problemas.

6. Capacidade de Execução

Executa suas atividades, assumindo responsabilidades, definindo prioridades, atingindo resultados esperados no tempo adequado e superando obstáculos inesperados. Além disso, apoia seus colegas nesse processo, sendo referência quanto ao atingimento de resultados e ao gerenciamento de atividades, e domina ferramentas e softwares que auxiliam a execução de atividades.

7. Habilidade Políticas

Compreende como regras, etiquetas e códigos, necessários entre as relações de poder, influenciam relacionamentos, sabendo como e quando usar formas de influência interpessoal para que outras pessoas sigam suas orientações. Além disso, identifica com clareza a existência de relações de hierarquia entre as pessoas e é capaz de desenvolver e manter uma rede de contatos com pessoas chaves.

Como desenvolver as competências comportamentais para o Perfil do Servidor Público

Uma vez conhecidas essas competências é importante entender em quais você precisa se desenvolver e como fazer isso. Para isso é recomendável um diagnóstico dos seus “gaps” de competência.

A CMOV pode te ajudar nesse processo. Através do teste de carreira, você irá conhecer qual é o seu grau de aderência dentre os 5 perfis profissionais, quais exatamentes são os seus gaps de competências comportamentais e ainda terá a disposição uma sugestão de plano de ação para se desenvolver nas áreas necessárias. Saiba mais sobre o Teste de Carreira aqui.

Você pode gostar também

Newsletter

Novidades para sua carreira!

Receba novos artigos e fique informado das novidades.

Teste Grátis

Descubra em qual estágio de carreira você está.

Populares