Carreira Notícias

Diferença entre carreira e profissão: dica fundamental para quem se sente perdido

diferença entre carreira e profissão

Se você ainda não sabe a diferença entre carreira e profissão, provavelmente ainda esteja confuso sobre o que fazer e se está no caminho certo. 

Essa dúvida é mais comum do que se imagina e costuma assombrar quem pretende entrar na faculdade. De acordo com uma pesquisa da CMOV, realizada com mais de 2 mil alunos de instituições públicas e privadas, 84% dos estudantes ainda têm dúvidas do que fazer profissionalmente.

Em um cenário ainda mais difícil, essa incerteza também pode acompanhar quem já recebeu o diploma. 

Neste artigo, vamos mostrar a diferença entre carreira e profissão. Assim, esperamos que você possa fazer decisões de forma mais segura na hora de ir em busca da sua colocação no mercado de trabalho.

Existe diferença entre carreira e profissão?

A resposta é SIM. Embora carreira e profissão sejam muitas vezes confundidas e usadas como sinônimos, essas duas palavras apresentam significados muito diferentes. 

O que é profissão?

A sua profissão será aquilo que você escolheu para fazer na faculdade. Por exemplo: Engenharia, Jornalismo, Medicina ou Arquitetura. 

Logo, se você fez Direito, a sua profissão será advogado. Se cursou Psicologia, você será psicólogo. Aliás, uma pessoa pode ter uma profissão sem nunca ter trabalhado. Isto porque mesmo que ela não atue, a profissão está relacionada ao curso escolhido e no qual ela se formou. 

Para ficar mais claro, vamos dar o exemplo de alguém que se formou em Psicologia. A profissão desta pessoa é psicólogo (a), ainda que ela nunca tenha atuado em um consultório ou em outra vaga no mercado de trabalho.  

O que é carreira?

Carreira se difere de profissão uma vez que não está necessariamente atrelada ao curso feito na faculdade. Logo, carreira é o caminho que você vai seguir usando o conhecimento adquirido enquanto estudava a sua profissão. 

Logo, podemos ver que a profissão é algo que ajuda a construir uma carreira, mas ela não é decisiva. Ter essa compreensão é uma das dicas para diminuir a angústia na hora de escolher o seu curso na faculdade.

Às vezes você escolhe uma profissão e acaba tendo caminhos de carreira completamente diferentes do que você imaginou.

Outro exemplo prático sobre o assunto surge quando prestamos atenção nas novas carreiras que surgem a todo tempo. Hoje, surgem muito mais carreiras do que novas profissões — que precisam de uma formação técnica

Há alguns anos, por exemplo, quem era jornalista por profissão se dedicava aos meios tradicionais de comunicação, além de assessorias de imprensa. Hoje, muitas pessoas que têm essa formação construíram suas carreiras como Empreendedores Digitais, uma área que ampliou o campo de atuação desses profissionais. 

Como construir a sua carreira?

Agora que você já sabe a importância de pensar na sua carreira e não somente em uma profissão, vamos dar algumas dicas para direcionar a sua trajetória. 

  • Podemos identificar cinco principais perfis profissionais: empreendedor, profissional liberal, acadêmico, organizacional e servidor público. Identifique em qual desses você se encaixa. 
  • Busque práticas alinhadas ao seu perfil profissional. Empresas Juniores, participação em projetos de extensão na sua instituição de ensino, projetos voluntários, pode auxiliar. 
  • Conheça a trajetória de carreira de profissionais que você admira.
  • Entenda as habilidades necessárias para conquistar a sua meta de carreira e faça uma análise das competências que você já tem e daquelas que precisa aprimorar. 
  • Conheça as ementas da sua faculdade para descobrir formas de construir uma educação voltada para o seu objetivo de carreira. Se você deseja seguir a área acadêmica, busque projetos de pesquisa. Já se pretende empreender, procure saber se o curso oferece matérias sobre empreendedorismo. 
  • Procure viver experiências fora da sala de aula. Muitas vezes, por meio de um intercâmbio, de uma viagem ou de um trabalho voluntário, você pode descobrir áreas nas quais gostaria de atuar. 

Entenda que o curso escolhido na faculdade é importante para adquirir conhecimentos técnicos, mas ele não precisa limitar a sua trajetória. Profissão e carreira são diferentes, mas ambas podem se complementar de forma muito positiva.

Quer saber mais sobre como planejar a sua carreira? Baixe o eBook gratuito da CMOV com muitas dicas de preparação para o mercado de trabalho

Leia também

Nenhum comentário

Deixe um comentário

Não vá ainda :)

Conheça em primeira mão os nossos artigos sobre carreira, mercado de trabalho e sucesso profissional! 
EU QUERO
Ao continuar, você está concordando com a nossa política de privacidade
close-link