estratégia de networking

3 motivos pelos quais sua estratégia de networking não está funcionando (e como consertá-la)

O mercado de trabalho é um ambiente extremamente competitivo, encontrar formas de facilitar o seu acesso é fundamental para alcançar uma posição de sucesso. E uma das melhores práticas para isso é o que chamamos de estratégia de networking.

Ou seja, é a criação de uma rede de contatos voltada para interesses profissionais. Para ter retorno positivo é importante que o profissional saiba aplicar uma estratégia de networking eficaz, ela deve ter um propósito, um objetivo.

Se você ainda não conseguiu ver um retorno nessa prática ou não a considera efetiva, você provavelmente está fazendo alguma coisa errada. Para ajudá-lo nós vamos listar 3 motivos pelos quais sua estratégia de networking não está dando certo e o melhor, vamos te apresentar dicas de como consertá-la para que você possa se beneficiar com essa prática.

 

A importância do networking

São diversas as vantagens obtidas com a prática do networking profissional. Por exemplo, ao criar uma rede de contatos, você tem mais chances de ser indicado para determinada vaga de emprego, pois atualmente muitas empresas estimulam seus funcionários a realizarem esse tipo de indicações.

O networking possibilita também uma constante troca de informações, o que proporciona um maior conhecimento do mercado como um todo, uma visão mais ampla de negócios. Estimulando, assim a criatividade e inovação em sua rotina de trabalho.

 

Por que sua estratégia de networking não está dando certo

Vamos apresentar alguns dos motivos mais comuns pelos quais a estratégia de networking não gera os resultados esperados.

 

  • Falta de foco

Se você é aquela pessoa que procura se relacionar com diversos profissionais ao mesmo tempo e não tem um foco você dificilmente vai conseguir criar uma rede de contatos eficiente.

Ou seja, não adianta você abordar um grande número de profissionais apenas para aumentar a sua lista de contatos. Não é só ir a eventos e entregar cartões de visitas para os demais participantes. É preciso ser estratégico. É preciso ter um objetivo estabelecido e buscar contato com profissionais que possam ajudá-lo a alcançar sua meta.

 

  1. Só pensar em receber ajuda

Esse é um erro grave na estratégia de networking. Você não deve pensar somente naquilo que vai receber, é importante que se pense nessa prática como uma troca, somente assim você vai conseguir os resultados que procura.

Ninguém vai querer te ajudar se sentirem que você os procura somente quando precisa de algo. A chave para um bom networking é oferecer valor também, portanto, tente ajudar o próximo sempre que possível, contribua com a sua visão de negócio, com certeza você pode contribuir também de alguma forma.

 

  1. Não manter contato

É importante pensar no networking como uma prática constante e não somente quando você precisa de algo. Esteja sempre contribuindo com conteúdos relevantes e ajudando quem precisa, a probabilidade de lembrarem de você para uma oportunidade de emprego, por exemplo, é muito maior nesses casos. Sempre que possível envie e-mails amigáveis para seus contatos, parabenize por uma eventual promoção, se faça presente e seja lembrado!

 

Algumas dicas importantes para criar um networking eficaz

 

  • Use a internet a seu favor: praticamente todo mundo está conectado nas redes sociais atualmente e cada vez mais elas têm sido uma fonte de recrutamento para as empresas. Plataformas como o Linkedin, por exemplo, são espaços propícios para a troca de informações e estreitamento de relacionamento entre os profissionais.
  • Vá além da sua área de atuação, dessa forma você amplia seu campo de conhecimento.
  • Peça ajuda sempre que necessário: as pessoas gostam de serem requisitadas, elas se sentem valorizadas com isso. Mas lembre-se sempre da moderação.

 

Leia também: 5 dicas de como fazer um networking eficaz

 

Você pode gostar também