inserção-no-mercado-de-trabalho

Inserção no Mercado de Trabalho: 3 Passos para o Sucesso

Grande parte da população tem como um dos principais objetivos de vida ter sucesso no mercado de trabalho. Muitas dúvidas e incertezas podem surgir nessa jornada rumo ao seu objetivo e inserção no mercado de trabalho.

Imagine essa situação: um jovem de 17/18 anos está em dúvida do que estudar na faculdade. Depois de um ano de angústia, escolhe o curso e passa no vestibular.

O processo de escolha foi tão difícil que agora dá até um certo alívio. Esse jovem entra na faculdade e passa 4 ou 5 anos focado nos estudos e em passar de ano.

Quando chega no último ano do ensino superior e precisa começar a olhar para o mercado de trabalho é que percebe que não está pronto. Não tem experiência. Ainda tem dúvidas do que quer, e principalmente, não tem as competências que o mercado exige.

A história desse jovem não é uma exceção. Esse fato acontece com milhares e milhares de estudantes universitários hoje no Brasil.

A pergunta é: o que esse jovem poderia ter feito de diferente para chegar mais preparado para o mercado de trabalho?

Aqui vão 3 passos para ter sucesso no mercado de trabalho.. Antes que seja tarde demais:

 

# PASSO 1: Defina o quanto antes na faculdade um objetivo de carreira

O que é definir um objetivo de carreira? É pensar onde você estaria sentado ou o que estaria fazendo profissionalmente daqui a 3 a 5 anos

  • Trabalhando em uma empresa já estabelecida?

  • Abrindo sua própria empresa?

  • Sendo um profissional liberal?

  • Atuando no setor acadêmico/pesquisa?

  • Ou trabalhando no setor público?

Esse objetivo te servirá como guia, como um direcionamento macro para buscar entender como o mercado de trabalho funciona para aquilo que está pensando fazer. Mesmo que esse objetivo não seja definitivo, servirá para você adquirir conhecimento sobre o que leva ou não a ter sucesso nesse mercado.

Comece a se perguntar e a pesquisar o que é exigido de profissionais para cada um desses mercados. Será que você tem o perfil para o mercado escolhido? Como estar preparado para inserção no mercado de trabalho?

 

Como descobrir qual seu Perfil Profissional?

 

Você pode fazer um teste de carreira para te dar um direcionamento. O objetivo do teste é auxiliar os jovens a identificar seu perfil profissional. Portanto, ele está mais relacionado com a carreira e o mercado de trabalho. É realizada uma avaliação de motivação, para descobrir em qual dos cinco possíveis perfis você tem maior aderência: empreendedor, organizacional, setor público, profissional liberal ou acadêmico. A partir deste perfil, é possível identificar quais são as competências comportamentais prioritárias para o mercado de trabalho e realizar uma avaliação para indicar em quais delas será necessária se desenvolver.

Saiba mais sobre o teste de carreira no site da CMOV.

# PASSO 2: Entenda quais são as competências comportamentais que essa carreira exige de um profissional para inserção no mercado de trabalho

Durante a faculdade, você passa a maior parte do tempo focado no estudo das competências técnicas do curso que você escolheu. Essas competências são essenciais para resolver os problemas que vocês estudam na faculdade.

Porém essas competências não são suficientes para resolver os problemas encontrados no mercado de trabalho. Além das competências técnicas, o mercado exige uma série de competências comportamentais de seus profissionais que muitas vezes não são ensinadas nas faculdades.

Uma pesquisa de 2016 realizada pelo Afferolab, indica que 10 das 10 competências mais escassas no mercado empresarial do Brasil, todas são comportamentais.

Veja abaixo alguns exemplos dessas competências comportamentais:

  • Pensamento crítico

  • Relacionamento interpessoal

  • Comunicação assertiva

  • Habilidade políticas

  • Criatividade / Inovação

  • Liderança

Para o objetivo de carreira escolhido, quais são as competências comportamentais mais exigidas para inserção no mercado de trabalho? Converse com profissionais do ramo para entender quais são as mais críticas e como usar o seu tempo dentro e fora da faculdade para desenvolvê-las.

 

# Passo 3: Dedique tempo durante os anos de faculdade para desenvolver as competências comportamentais

Como então desenvolver essas competências comportamentais ao longo da faculdade? O primeiro passo é dedicar tempo para isso e criar algumas oportunidades.

Veja um exemplo:

Vamos supor que você precise desenvolver a competência de liderança durante a faculdade. Além é claro de ler livros e fazer cursos específicos de liderança, existem inúmeras maneiras criativas de colocar em prática e treinar o desenvolvimento dessa competência. Abaixo três exemplos práticos:

  • Participar da Empresa Junior da sua faculdade e liderar um projeto de consultoria

  • Organizar um evento para estudantes da sua faculdade

  • Liderar a iniciativa de um projeto voluntário para alguma instituição de seu interesse

Quanto mais experiências práticas você buscar, mais oportunidades terá para desenvolver suas competências comportamentais e mais informações terá para validar o seu objetivo de carreira.

Conclusão

Ao pensar no seu objetivo profissional durante a faculdade você terá muito mais chance de inserção no mercado. Não se esqueça, as competências comportamentais hoje são as mais escassas no mercado de trabalho, por isso, ao se desenvolver nelas o seu caminho para o mercado ficará mais fácil.

Para isso lembre-se desses três passos para ter sucesso no mercado de trabalho:

  • Defina o quanto antes na faculdade um objetivo de carreira

  • Entenda quais são as competências comportamentais que essa carreira exige de um profissional

  • Dedique tempo durante a faculdade para desenvolver essas competências comportamentais

Boa sorte!

 

Você pode gostar também